Quem Somos

Seja muito bem-vinda (o) ao Sentir Mulher.

Somos um espaço diferenciado, que oferece assistência clínica multi e interdisciplinar. Nossa equipe de profissionais busca ouvir, acolher, entender e direcionar as pessoas para a sua transformação pessoal, priorizando, sempre, a qualidade de vida.

Atuamos na busca pela saúde mental feminina e também na reconstrução familiar, pois entendemos que o bem-estar da mulher está relacionado ao equilíbrio da família.

Nós, mulheres, somos cíclicas, e essas constantes mudanças pelas quais passamos em cada fase da vida nos tornam vulneráveis às transformações mentais e físicas, principalmente após a maternidade. Mas essa passagem não precisa ser solitária. Por isso o Sentir Mulher está de portas abertas!

É preciso praticar a sororidade! É essencial resgatar a natureza feminina! Esse é propósito Sentir Mulher!

Daniela Bittar e Juliana Parada, fundadoras do Sentir Mulher

Daniela Bittar

Daniela Bittar

Fundadora do Gamas e do Sentir Mulher. Dedica-se à psicologia puerperal, perinatal, reconstrução familiar, perda gestacional e neonatal. É formada em Psicologia pela universidade Fumec, na turma de 1999. Logo em seguida se mudou para o exterior, onde ficou por uma década e se especializou em psicologia infantil, puerperal e reconstrução familiar. Quando retornou ao Brasil, já muito engajada na causa da psicologia familiar e humanista, percebeu a realidade do país, sem total suporte para que as famílias se formassem saudáveis e felizes. Trabalha desde 2008 com psicologia feminina, familiar, puerperal, casais, perda gestacional e neonatal. Atua como facilitadora de grupos terapêuticos.

Juliana Parada

Fundadora, membro do corpo clínico e Diretora Técnica da equipe de psiquiatria do Sentir Mulher. É ativista pela saúde mental materna. Psiquiatra (UNESP 2004, titulada ABP – 2007), especialista em Psiquiatra Forense/ IRS 2005 e titulada ABP - 2009, e especialista em Dependência Química UNIAD/2010. Coordenou o Serviço de Dependência Química do IPSEMG, Psiquiatra Urgencista e Preceptora da Residência Médica em Psiquiatria do IPSEMG (2009-2017). Atuação clínica por dez anos em diversos dispositivos de assistência em saúde mental do SUS (Matriciamento, Ambulatório de Especialidade, CAPS, CAPS-AD - 2006-2015), capacitadora de equipes multidisciplinares de serviços de saúde coletiva em níveis primário, secundário, terciário e em EAD (2009 - atual). Foco atual de assistência clínica em saúde mental da mulher na perinatalidade, membro da Marcé Society for Perinatal Mental Health. Atua como voluntária do Grupo Colcha de apoio ao Luto Perinatal.

Daniela Bittar